• Caroline Santana

Diário de bordo: Mochilão em Roma e no Vaticano.

Roma, na Itália, é uma das cidades mais lindas e importantes da humanidade. São mais de 2500 anos de história e influência no desenvolvimento da história e cultura mundial. Esse foi o motivo pelo qual Fernando Luiz de Oliveira escolheu a cidade como destino em Fevereiro deste ano.

Foram três dias destinados totalmente ao turismo, de 10 a 13 de fevereiro. Fernando chegou na Itália de avião, com a companhia Easyjet. Sua “casa” nesses dias foi um hostel, onde a experiência não foi das melhores. Assim que chegou a Roma, já se deparou com o pior momento da viagem. O hostel escolhido não era agradável e a estrutura era bem precária. Mas Fernando estava em Roma e ficar no hostel era uma das últimas coisas que ele iria fazer. “Roma é incrível! Em cada esquina que você anda, se depara com uma fonte, igreja ou algo histórico e com uma arquitetura única”, conta Fernando. Sua estratégia para conhecer o máximo possível em pouco tempo foi separar a viagem em três etapas: no primeiro dia, visitas as praças; no segundo, visitar o Coliseu, o Fórum Romano e o Monte Palatino; e no terceiro dia, ir ao Vaticano.


Foto: Fernando Luiz

Uma das praças escolhidas por Fernando foi a Praça di Spagna, famosa por sua escadaria de 135 degraus, que leva os visitantes até a No centro da praça, fica a também famosa Fontana della Barcaccia, esculpida por Pedro Bernini e seu filho, Gian Lorenzo Bernini, nos primeiros anos do barroco.


Foto: Fernando Luiz


Não poderia ficar de fora do roteiro a famosíssima Fontana de Trevi. Fernando foi durante o dia e a noite e garante: “nos dois períodos é incrível!”. É um dos lugares mais românticos de Roma, porque é onde acontecem muitos pedidos de casamento. “Os turistas ficam aflitos e comemoram a cada ‘sim’ dado pelas noivas”, conta Fernando.

Você pode encontrar o romantismo em vários locais de Roma, assim como Fernando percebeu. “A cidade é muito romântica e a comida muito boa!” Como cidade turística, restaurantes bons é o que não falta em Roma. São vários restaurantes aconchegantes típicos que oferecem as famosas pizzas, pastas e vinhos. “Impossível escolher um!”


Foto: Fernando Luiz


Também é impensável ir em Roma e não conhecer o Coliseu. “Vale muito a pena e conhecer as histórias das lutas, guerreiros e imperadores”, diz Fernando, que adorou o passeio. Para ele, foi um dos pontos altos da viagem: conhecer a história do Império Romano, sua cultura e curiosidades. Outro ponto alto foi conhecer o Vaticano e ver a influência da Igreja Católica.

Os locais visitados pelo Fernando, no Vaticano, foram a Praça de São Pedro, a Basílica de São Pedro e os Museus do Vaticano. Ele foi até o Vaticano de metrô e valeu muito a pena. “O metrô para ir e voltar custa apenas €2,00 (dois euros). É confortável e o translado é rápido”. Outra dica do Fernando é comprar os ingressos pela internet. “Além de ser mais barato, você não enfrenta as grandiosas filas”.


Foto: Fernando Luiz


“Os Museus do Vaticano são magníficos!”, essa é a reação do Fernando quando fala da terceira etapa da sua viagem. É nos Museus do Vaticano que fica a Capela Sistina, onde está a pintura mais famosa de Michelangelo, a “Criação de Adão”. Fernando demorou um pouco para encontrá-la, pois ela fica no teto da capela e no meio de várias outras pinturas. “É proibido tirar fotos do local, ou seja, a imagem ficará apenas na sua lembrança é magnífico!”.

Em meio a tantos momento incríveis e passeios maravilhosos, Fernando encontrou apenas um ponto não tão legal de Roma. Como a Itália está recebendo vários refugiados, eles acabam tendo que sobreviver criando produtos e vendendo aos turistas. Muitas vezes essa constante abordagem aos turistas acaba atrapalhando, mas nada que faça Roma perder sua magia.


Quer mais dicas de viagem? Acesse o nosso Diário de Bordo. E se você também quer aparecer aqui na Destino de Casamento, conte a sua história para a gente. Vamos ficar muito felizes em conhecê-la!

10 visualizações
VAI SE CASAR?
CONHEÇA OS NOSSOS
DESTINOS DE CASAMENTO

© 2019 Destino de Casamento.